SELFEXAM

DICA DE QUINTA: 4 dicas para prevenir o câncer de mama.

Outubro Rosa é uma campanha de conscientização que tem como objetivo principal alertar as mulheres e a sociedade sobre a importância da prevenção e do diagnóstico precoce do câncer de mama .

O câncer de mama é o tipo mais comum entre as mulheres (excluindo câncer de pele não melanoma), representando 28% de todos os casos na população feminina. Segundo dados da Organização Mundial de Saúde (OMS), 500 mil mulheres morrem todo ano por causa do câncer de mama. Aqui no Brasil, de acordo com o Ministério da Saúde, mais de 52 mil novos casos são esperados para 2017.

O câncer de mama, se diagnosticado ainda no início, tem 93% de chance de cura. Por isso, é muito importante realizar as consultas e os exames de prevenção, que podem detectar o tumor mesmo antes dos primeiros sinais da doença. Além disso, algumas atitudes podem ajudar a impedir o aparecimento desse tipo de câncer. Pensando nisso, separamos 4 dicas para prevenir o câncer de mama.

1. Tenha uma boa alimentação
Não é segredo para ninguém que uma alimentação balanceada e completa contribui para uma saúde em perfeito estado. Uma dieta adequada ajuda no controle do peso e evita a obesidade. O sobrepeso é um fator de risco para o desenvolvimento do câncer de mama, principalmente após a menopausa.

2. Se movimente
Exercícios físicos são muito importantes para uma boa saúde e para evitar uma série de doenças, inclusive o câncer de mama. Como falamos no item acima, a obesidade é um dos fatores de riscos para o desenvolvimento da doença. Junte o sobrepeso ao sedentarismo e a conta pode não fechar. Por isso, se mexa. Nosso corpo não foi feito para ficar parado.

3. Mamografia anual
A Organização Mundial da Saúde (OMS) e as Sociedades Brasileiras de Cancerologia e Mastologia orientam que toda mulher depois dos 40 anos precisa fazer o exame de mamografia todos os anos. O importante é seguir a orientação do seu médico e fazer a mamografia regularmente. O exame é essencial para o diagnostico precoce e quanto mais cedo for o diagnóstico melhor.

4. Se toque, faça o autoexame
O autoexame das mamas NÃO basta para diagnosticar precocemente o câncer de mama, pois não apresenta eficácia para a detecção do tumor. Mas ele é importante para que você conheça o seu corpo e saiba o que é normal e o que não é em suas mamas. Sendo assim, fique atenta a qualquer tipo de mudança e fale com seu médico imediatamente se notar qualquer alteração.

O autoexame deve ser feito uma vez por mês. A melhor época é logo após a menstruação. Para as mulheres que não menstruam mais, o autoexame deve ser feito num mesmo dia de cada mês, por exemplo todo dia 15. Durante o autoexame você deve procurar pelas seguintes características:

Deformações ou alterações no formato das mamas;
.: Abaulamentos ou retrações;
.: Feridas ao redor do mamilos;
.: Caroços nas mamas ou axilas;
.: Secreções pelos mamilos.

Dica bônus para prevenir o câncer de mama: aprenda a fazer o autoexame
Como citamos ali na dica 4, a melhor época para o autoexame é após a menstruação. Sabendo disso, faça o seguinte:

Deitada ou no banho, coloque a mão direita atrás da cabeça e deslize os dedos indicador, médio e anelar da mão esquerda suavemente por toda a mama direita. Faça movimentos circulares. Repita o procedimento na mama esquerda.
De frente para o espelho, analise as mamas com os braços abaixados ao longo do corpo. Depois levante os braços, colocando as mãos na cabeça e observe se há mudanças no contorno das mamas e nos bicos dos seios. Faça a mesma análise agora com as mãos na cintura. Por último, esprema o mamilo delicadamente e observe se sai alguma secreção.
É bom lembrar que alterações na pele, nos mamilos e a presença de nódulos nem sempre são sinais de câncer de mama, mas devem te deixar em estado de alerta com a saúde do seu corpo.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *