1

Broxei, e agora?

Broxar talvez seja o maior medo dos homens na cama, afinal, tudo estava ótimo, os dois estavam no bem bom, e de repente… pois é, a broxada pode causar diversas reações, como vergonha e frustração. Isso sem falar da reação do(a) parceiro(a), que muitas vezes não sabe o que fazer nessa situação.

 

Primeiramente, precisamos esclarecer que broxar ocasionalmente é normal e não faz de ninguém menos homem. O acontecimento pode ter diversas causas e, quando recorrente, é importantíssimo consultar um urologista e até mesmo um psicólogo.

 

Confira algumas possíveis causas:

 

Estresse

 

O estresse e o cansaço depois de um longo dia no trabalho geralmente são as principais causas da impotência entre os homens. Além de fazer com que a pessoa não se sinta à vontade, os hormônios responsáveis pela ansiedade e cansaço não deixam os do bem-estar agirem. Nesses casos, a melhor solução é descansar antes da relação sexual.

 

 

Problemas hormonais

 

Com a idade, é normal que o desejo sexual masculino diminua, afinal, a produção da testosterona é menor. Mas, se o problema acontecer com frequência, é melhor procurar um médico. A falta de testosterona pode diminuir a libido e dificultar o ato sexual, mas não se preocupe, existem tratamentos eficazes que podem ajudar.

 

Depressão

 

A depressão por si só é uma doença que pode afetar a libido, porém, o maior problema geralmente é causado pelo uso dos remédios. Atenção: ISSO NÃO SIGNIFICA, DE MANEIRA ALGUMA, QUE VOCÊ DEVA PARAR COM A MEDICAÇÃO, mas apenas que a dosagem de hormônios pode interferir no ato sexual; se esse for o caso, converse com o seu médico.

 

Cobrança e medo

 

Essas são as maiores causas da impotência na primeira transa, principalmente entre os jovens. A cobrança por uma boa performance e o medo de falhar com uma pessoa especial podem deixar o homem estressado e nervoso, o que não ajuda na ereção e no tesão. Para o sexo fluir, é necessário que ambos estejam relaxados.

 

A importância da empatia

 

Se o seu parceiro broxar, não fique bravo(a) e nem comece uma briga. Coloque-se no lugar da outra pessoa e tente entender como ela está se sentindo. A melhor solução é ser empático(a) e conversar para tentar entender o que está acontecendo. Se for um problema pontual, com certeza existem maneiras de contornar a situação.

 

 

Precisa de uma ajudinha para relaxar e entrar no clima? Venha para o CQ Sabe!

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *