Imagem1

Sexo e autoestima: como estão interligados

Para muita gente, o pilar de uma boa vida sexual ainda está na beleza e porte físico. Essa visão é um pouco limitada e não considera, por exemplo, que o modo como nos aceitamos tem grande impacto na nossa performance sexual – e vice-versa!

A autoestima é o mecanismo que nos ajuda a ter equilíbrio entre nossas necessidades e o nosso papel no mundo, sem que dependamos de critérios ou opiniões alheias para buscar motivação.  Obviamente, seus aspectos têm grande influência na hora do sexo, definindo como nos comportamos, enquanto o sexo em si alimenta ou redefine esta visão de nós mesmos.

Para que você possa enfrentar estas situações de forma mais equilibrada e saudável, separamos alguns pontos em que o sexo e a autoestima se relacionam, esclarecendo seus papéis em algumas situações.

Aceitação

É comum, na hora do sexo, que nossa insatisfação com nosso corpo nos impeça de relaxar. Muitas pessoas levam pequenos problemas e imperfeições tão a sério que podem até acabar perdendo a segurança para transar. Sendo um momento tão íntimo, o sexo requer autoconfiança.

Se a sua autoestima está mal, isso pode prejudicar o seu prazer, piorando ainda mais a sua concepção. Se sua autoaceitação está te incomodando, se relacionar com pessoas e praticar exercícios são medidas que podem lhe ajudar já no simples fato de te se sentir mais disposto com si mesmo. O importante é ir para a cama se sentindo bem com si mesmo: afinal, a pessoa ao seu lado te deseja!

Cobrança

Toda essa pressão sobre a nossa condição corporal e de beleza é muito grande, principalmente para as mulheres. Essa ideia de precisar ter uma aparência incrível para satisfazer o outro é perversa e, muitas vezes, faz com que a gente se cobre demais.

Devemos estar satisfeitos não apenas com nosso corpo, mas também com nossa performance. Esperar atingir resultados incompatíveis com nosso biotipo só gera um quadro de frustração. Lembre-se: chegar na hora do sexo cheio de cobranças não vai ajudar em nada! Ter amor próprio nos faz encarar as coisas com mais leveza, além de render mais nas horas mais importantes e prazerosas.

Autorrealização

Não se esqueça: o importante é que você se satisfaça. Se algo lhe incomoda, tente comunicar para o seu parceiro que você está insatisfeita e expor seus motivos, para que vocês possam buscar uma solução juntos. O diálogo é essencial para sentirmos mais confiança e podermos encarar o sexo com o prazer que ele merece. Faça com que este seja um momento de autorrealização e só sirva para te fortalecer ainda mais!

Performance

Precisamos entender que sexo não é sobre aparências, e sim sobre performance e como você se comporta ou usa suas habilidades! Tenha isso como um trunfo para se sentir bem com si mesmo! Seja intenso quando desejar, mas não seja falso nem finja prazer se alguma coisa não lhe agrada. Se há algo que beneficia nosso amor com nós mesmos é a espontaneidade. As chances de ter uma vida sexual saudável e realizada só aumentam com a sua aceitação pessoal.

Confiante e pronto para o prazer? Venha celebrar a sua autoestima com quem você ama aqui no CQ Sabe!

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *