Blog-MorarJunto-Agosto18

Coisas que você só descobre depois que começa a morar junto

Começo do namoro é sempre um mar de rosas: os dois se esforçam ao máximo para agradar e surpreender, estão sempre bem arrumados e de bom humor, os encontros são divertidos e a rotina praticamente não existe.

O tempo vai passando e as coisas vão mudando, e mudam mais ainda quando os pombinhos decidem morar sob o mesmo teto. Ao acordar todo dia do lado da mesma pessoa, você vai começar a notar traços da personalidade dela que até então não tinha reparado.

Confira abaixo situações comuns que casais que estão passando por essa nova fase do relacionamento costumam vivenciar – e se surpreender!

Defeitos

No início de uma relação, nos esforçamos bastante para agradar ao outro. Ao morar junto, o convívio faz com que nos sintamos mais livres para ser quem realmente somos e, por consequência, defeitos antes não vistos começam a ficar visíveis para o(a) parceiro(a).

O sexo acaba?

Não, mas perde boa parte da sua frequência. É normal casais que moram juntos transarem menos do que transavam quando estavam namorando; isso se deve a uma série de fatores, como a rotina e o fato de não existir mais a excitação da novidade.

Diversão nas coisas simples

Responsabilidades que muitas vezes podem ser incômodas, como limpar a casa e fazer compras, ganham um novo significado quando você mora com alguém. Muitos casais aproveitam esses momentos para se divertir e passar um tempo de qualidade juntos.

Brigas de mãe

Morar com outra pessoa exige muitas responsabilidades, principalmente relacionadas à limpeza da casa. É comum novos casais brigarem porque um não lavou a louça direito ou deixou roupa suja jogada no chão; nessas horas, alguém vai bancar a mãe e dar aquela bronca do tipo “eu tenho que fazer tudo nessa casa!”.

Alguém precisa ceder

Se você for morar na casa da pessoa, vai precisar se adaptar aos gostos dela, por exemplo de decoração, forma de organizar os objetos etc. A mesma coisa se alguém for morar na sua casa. Por isso, para que a relação seja tranquila, de vez em quando você vai precisar ceder e aceitar as vontades do outro.

Jeitinho próprio

Uma das coisas mais legais de morar com o seu amor é que, com o tempo, vocês vão começar a ter seus próprios rituais, sejam os mais divertidos, como ficar o domingo todo assistindo série, ou os mais chatos, como dobrar os lençóis de elástico. Vão existir coisas que só vocês vão entender e o estoque de piadas internas vai aumentar bastante.

Embora muitas vezes seja difícil, morar com o seu amor é tudo de bom! E para não deixar a relação cair na rotina, venham para o CQ Sabe celebrar essa nova fase!

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *