Sexo anal: mitos e verdades

O sexo anal é cheio de mitos e tabus. Deixar de fazê-lo por medo ou por achar algo “ruim” não faz sentido, portanto liberte-se dessa amarra. A verdade é que, das duas uma: ou você vai amar sexo anal ou odiar, não tem jeito. A única forma de saber é… fazendo!

Separamos alguns mitos e verdades em relação à essa prática sexual para você ficar craque no assunto e praticar no próximo encontro.

A dor faz parte do processo

Mito! Se o ato causa dor, algo está errado. Pode ser a posição, a falta de lubrificação, o medo ou, em casos mais extremos, ir a um médico para verificar se não há nenhuma inflamação na região.

Quanto mais lubrificação, melhor

Verdade! Para evitar fissuras no ânus, use bastante lubrificante a base de água ou de óleo.

Não precisa usar camisinha no sexo anal

Mito! Toda prática sexual deve ser feita com camisinha, afinal, o sexo anal também transmite doenças que podem ser passadas pelo ânus, como hepatite, HIV ou gonorreia.

Depois de fazer uma vez, o meu parceiro só vai querer isso!

Mito! A penetração vaginal também dá muito prazer e não existe essa de “ficar sempre na mesma”. Existem inúmeras formas de vocês sentirem prazer juntos, o lance é diversificar!

Penetração vaginal logo após o sexo anal pode causar infecções

Verdade! Afinal, é possível levar bactérias de um lado para o outro causando infecções. O homem

Sangramentos são normais no sexo anal

Mito! A região pode até ser mais sensível, mas a prática sexual não deve gerar fissuras suficientes para sangrar. Isso pode ser um sinal de hemorroidas ou algum outro problema que deve ser verificado. O homem deve lavar bem o pênis e usar camisinha entre um ato e outro para evitar isso.

Agora que você já conhece mais o sexo anal, que tal praticar? Vem para o CQ Sabe e deixe o medo de lado. Aproveite o momento!

O sexo anal é cheio de mitos e tabus. Deixar de fazê-lo por medo ou por achar algo “ruim” não faz sentido, portanto liberte-se dessa amarra. A verdade é que, das duas uma: ou você vai amar sexo anal ou odiar, não tem jeito. A única forma de saber é… fazendo!

Separamos alguns mitos e verdades em relação à essa prática sexual para você ficar craque no assunto e praticar no próximo encontro.

A dor faz parte do processo

Mito! Se o ato causa dor, algo está errado. Pode ser a posição, a falta de lubrificação, o medo ou, em casos mais extremos, ir a um médico para verificar se não há nenhuma inflamação na região.

Quanto mais lubrificação, melhor

Verdade! Para evitar fissuras no ânus, use bastante lubrificante a base de água ou de óleo.

Não precisa usar camisinha no sexo anal

Mito! Toda prática sexual deve ser feita com camisinha, afinal, o sexo anal também transmite doenças que podem ser passadas pelo ânus, como hepatite, HIV ou gonorreia.

Depois de fazer uma vez, o meu parceiro só vai querer isso!

Mito! A penetração vaginal também dá muito prazer e não existe essa de “ficar sempre na mesma”. Existem inúmeras formas de vocês sentirem prazer juntos, o lance é diversificar!

Penetração vaginal logo após o sexo anal pode causar infecções

Verdade! Afinal, é possível levar bactérias de um lado para o outro causando infecções. O homem

Sangramentos são normais no sexo anal

Mito! A região pode até ser mais sensível, mas a prática sexual não deve gerar fissuras suficientes para sangrar. Isso pode ser um sinal de hemorroidas ou algum outro problema que deve ser verificado. O homem deve lavar bem o pênis e usar camisinha entre um ato e outro para evitar isso.

Agora que você já conhece mais o sexo anal, que tal praticar? Vem para o CQ Sabe e deixe o medo de lado. Aproveite o momento!

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *