Rapidinha: dicas para curtir uma transa rápida

A transa rápida é ótima para o casal sair da rotina! O objetivo é que o momento seja cheio de adrenalina e faça jus ao nome: rapidinho! Apesar de estar ligada aos tempos que tudo tinha que ser feito rápido, por medo de alguém chegar e pegar no flagra (normalmente em início de relacionamentos) a rapidinha não deve perder a graça para o casal.

Normalmente, ela não ocorre na cama, mas em algum lugar escondidinho. Na escada, na garagem, na pia da cozinha, no carro… Mas cuidado com os locais público, pois atentado ao pudor é crime. Por isso, escolha um local que não gere problemas depois.

As preliminares são puladas na maioria das vezes, afinal, a lei é partir logo para o “vamos ver”. Por isso, capriche no beijo, pois ele vai aumentar a excitação de vocês dois. Além disso, a tensão e a adrenalina favorecem a aumentar o tesão! Fale coisas excitantes para o seu amor para o clima esquentar ainda mais.

Com roupa ou sem? Bom, na maioria das vezes não dá tempo de tirar tudo, além disso, as vezes é preciso ficar a postos para disfarçar caso alguém apareça. Então, foco no essencial: levantar a saia, abrir o zíper, desabotoar a blusa ou a camisa.

Façam posições que favoreçam o momento, em pé, como um em frente ao outro quanto o homem atrás da mulher, apoiada na parede.

Todo dia é dia, toda é hora é hora para uma rapidinha! Ao acordar, antes de ir ao trabalho, no carro, no chuveiro… Use a imaginação. Além disso, não é porque o jogo é rápido que não pode ser romântico. Há quem ache a rapidinha meio impessoal, apenas para matar a vontade, mas ela pode ser muito além disso, só dependerá de vocês!

Para as rapidinhas e “demoradinhas”, venha aproveitar aqui no CQ Sabe. Temos a suíte ideal para você o seu love aproveitarem ainda mais!

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *